segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Como ficar com a barriga tanquinho




Ficar com aquele abdômen definido que você sempre sonhou pode ser mais fácil do que você imagina. Não há nenhum milagre para você ficar com a barriga tanquinho/sarada, você precisa apenas conhecer alguns segredos básicos.


como ficar com a barriga tanquinhoAo contrário do que muitos pensam, passar horas concentrando seus esforços apenas em abdominais não vai acabar com o pneuzinho indesejado. Mas tomar alguns cuidados no seu dia-a-dia pode ajudar na conquista de um abdômen chapado e durinho.


Existe uma série de fatores que contribui para a tão sonhada barriga tanquinho e as pessoas sequer imaginam que possa interferir nessa batalha.


Portanto, prepare-se para conhecer os segredos que vão deixar você com um abdômen invejável!


Como ficar com a barriga tanquinho – 6 Segredos


1. Não comer e beber ao mesmo tempo.


O consumo de qualquer líquido durante a refeição provoca a dilatação do abdômen, ocasionando um leve aumento de peso e aquela barriguinha indesejada.
Dica: o ideal é você beber uma hora antes ou depois de comer. Outra dica é, ao invés de beber um copo de suco, comer uma fruta, como um pedaço de melancia ou de laranja, após a refeição.


2. Boa postura.


Um dos principais fatores que auxiliam no aparecimento do pneuzinho é a má postura. Bumbum relaxado, quadril e ombros curvados para frente deixam a barriga frouxa.
Dica: preste atenção na postura e no posicionamento da coluna. Fique atent@ para manter sempre o peito estufado e o abdômen contraído.


3. Membros inferiores.


Ficar muito tempo sentado acaba sendo outro vilão para quem busca a barriga sarada. Como essa posição não trabalha a parte inferior do corpo, deixa também o abdômen relaxado.
Dica: levante de uma em uma hora para movimentar as pernas e, sempre que possível, mantenha o abdômen contraído.


4. Problemas de estrutura óssea.


Alguns fatores, como desvios de coluna, quadril largo e ombros pequenos, e até problemas hereditários também podem propiciar o aparecimento da barriguinha extra.
Dica: nesses casos, deve ser feito um tratamento com um especialista que fará as indicações adequadas. Fisioterapia e RPG, em geral, solucionam o problema.


como ficar com a barriga tanquinho


5. Abdominais.


Não adianta perder um tempão suando a camisa e fazendo centenas de abdominais que, só com esse exercício, você não conseguirá o tão sonhado tanquinho.
Dica: o segredo é você mesclar atividades aeróbias, que facilitam a perda de gordura, com os abdominais, que fortalecem os músculos. Quando a meta é um abdômen definido, os exercícios feitos em pé, como a caminhada e a corrida (ao ar livre ou na esteira), têm um efeito melhor do que as atividades feitas sentad@.


6. Tempo de atividade.


Fazer exercícios físicos todos os dias por um período muito longo não vai trazer os resultados esperados mais rapidamente.
Dica: se praticar as atividades diariamente, exercite-se durante 20 minutos. Mas cuidado com as aulas de abdominais. O abdominal precisa ser intercalado, ou seja, pratique um dia e descanse outro. Nesse ritmo, o resultado estético deve aparecer no seu terceiro mês de atividades.


Fonte principal: professora de Educação Física Sâmara Queiroz


Esperamos que tenha gostado destas informações sobre como ficar com a barriga tanquinho.


Recomendamos que veja também produtos para esportistas e boa forma.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Quais os benefícios da água?




Todos sabemos que este é um dos elementos essenciais à nossa saúde, mas, na realidade, quais são os benefícios da água?


Entre outras coisas, a água contém nutrientes indispensáveis para o organismo, além de proteger o sistema imunológico de intoxicações.


Quais os beneficios da aguaMais de 60% do corpo humano é constituído por água. Um adulto perde, em média, 1,5 litro de água diariamente, por meio da urina, transpiração, respiração e evacuação.


Para repor essa perda e manter o organismo bem hidratado, uma pessoa deve tomar, no mínimo, 2 litros de água por dia. Desta maneira poderá garantir a sua saúde, manterá a temperatura corporal estável e evitará problemas, tais como a desidratação e o mau funcionamento dos rins.


A água regula as reações químicas das células, elimina os elementos nocivos e lubrifica as articulações, fornecendo proteção para os tecidos. O aparelho digestivo é o que mais sofre com a ingestão insuficiente de água. Cálculos biliares e prisão de ventre estão diretamente relacionados à má hidratação do corpo.


Todas as proteínas e vitaminas ingeridas por você só poderão ser bem aproveitadas se forem acompanhadas por uma quantidade adequada de água.


Saiba quais são os principais benefícios da água:




  • Ajuda a controlar o apetite, além de não conter calorias.



  • Facilita a digestão.



  • Previne a celulite.



  • Mantém unhas e cabelos fortalecidos.



  • Melhora o desempenho nos exercícios físicos: a água faz as fibras musculares deslizarem com mais facilidade.



  • Ajuda a ganhar massa muscular: a água transporta o glicogênio até as células musculares.



  • Mantém a textura da pele saudável.



  • Regula a temperatura do corpo.



  • Desintoxica o organismo.



  • Contribui para o emagrecimento.



  • Transporta os nutrientes para as células.



  • Suaviza as articulações.


Mas, atenção: tão importante quanto beber água, é beber água pura, livre de contaminação.


Esperamos que tenha gostado deste post sobre quais os benefícios da água.


Recomendamos que conheça uma bebida antioxidante à base de chá verde e chá preto.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Cálcio e vitamina D ajudam a emagrecer




Um novo estudo sobre emagrecimento, conduzido pela Universidade Ben-Gurion (BGU) do Negev, em Israel, e publicado no American Journal of Clinical Nutrition, revela que pessoas que consumiram mais alimentos com cálcio e vitamina D perderam mais peso do que aquelas que consumiram pouco ou nenhum desses alimentos.


calcio e vitamina D


Independentemente da dieta, os participantes com a maior ingestão diária de cálcio – o equivalente a 580 mg – perderam cerca de 6 kg ao fim de dois anos.


Em comparação, os voluntários com a menor ingestão diária – cerca de 150 mg ou metade de um copo – perderam apenas 3,5 kg em média.


Maior ingestão de Cálcio e Vitamina D ajuda a emagrecer


Além do cálcio, os pesquisadores descobriram que os níveis de vitamina D no sangue interferiram no sucesso da perda de peso.


A presença do composto no organismo era maior entre aqueles que perderam mais peso. O estudo confirmou ainda trabalhos anteriores que afirmavam que pessoas com sobrepeso têm níveis mais baixos de vitamina D no sangue.


Participaram da avaliação mais de 300 homens e mulheres com sobrepeso, com idades entre 40 e 65 anos, durante 24 meses. O estudo levou em conta as dietas mediterrânea, de baixo teor de gordura e de pouco carboidrato, e foi conduzido pelo Dr. Danit Shahar, do Centro de Saúde e Nutrição S. Daniel Abraham, da BGU, e da Faculdade de Ciências da Saúde.


Segundo Shahar, “sabe-se que pessoas com excesso de peso apresentam menores níveis de vitamina D, mas este é o primeiro estudo que mostra que o índice realmente aumentou entre as pessoas que emagreceram. Esse resultado durou os dois anos em que a pesquisa foi realizada, independentemente do tipo de dieta que os voluntários seguiram”.


A vitamina D aumenta a absorção de cálcio no sangue e pode ser obtida por meio de exposição solar, ingestão de leite fortificado, peixes, ovos e suplementos. A exigência diária recomendada de vitamina D é encontrada em quatro copos de leite, por exemplo.


O estudo teve o apoio do Ministério da Saúde, do Conselho de Laticínios e da Secretaria de Desenvolvimento Científico de Israel, da Fundação Alemã de Pesquisa e da Fundação de Pesquisa Dr. Robert C. Atkins e Veronica Atkins.


Esperamos que tenha gostado deste post sobre como o cálcio e vitamina D ajudam a emagrecer.


Recomendamos que veja também complexo de cálcio, magnésio e vitamina D.


Fique por dentro deste e outros assuntos de saúde: curta nossa página no Facebook.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Causas da celulite




Não existe apenas um fator desencadeante do processo que leva a formação dos furinhos, na realidade podem ser várias as causas da celulite.


A continuação, relacionamos uma lista dos principais fatores que podem levar à formação da temida e antiestética “pele de laranja”.


Principais causas da celulite



  • Fatores genéticos


A predisposição à celulite pode ser hereditária, já que o código genético determina o número de adipócitos (células de gordura) e os lugares onde ficarão localizados.



  • Hormônios descontrolados


Quando algumas glândulas produzem hormônios de forma descontrolada, podem provocar uma acumulação de líquido e toxinas no tecido conjuntivo, contribuindo para a formação da celulite.



  • Má postura


causas da celuliteDevido à má postura, a circulação pode não ser a adequada e a celulite poderá desenvolver-se mais facilmente.


Muitas mulheres com celulite apresentam uma excessiva curvatura para frente da parte inferior das costas e da parte superior da pélvis.


Por este motivo, tanto a parte inferior das costas como a externa das coxas acabam suportando a maior parte da tensão, colaborando para a formação da celulite.


Permanecer muito tempo de pé ou sentada com as pernas cruzadas e apertando as coxas, também dificulta a circulação.




  • Sobrepeso


Mesmo que existam mulheres magras com celulite, o sobrepeso é sempre um agravante e pode piorar a situação, pois um aporte excessivo de gorduras modifica o tecido conjuntivo, deixando-o mais mole, favorecendo a aparição da celulite.


Descubra se você está no seu peso ideal clicando aqui.



  • Alimentação inadequada


Doces em geral, sal e alimentos gordurosos são um veneno para a celulite. Evite os refrigerantes!


Causas indiretas da celulite



  • Sedentarismo


A falta de movimentação dos músculos diminui a circulação sanguínea, reduzindo o fornecimento de nutrientes às células, assim como também prejudica a eliminação das impurezas, afetando negativamente o tecido conjuntivo.



  • Prisão de ventre crônica


A prisão de ventre crônica pode agravar a celulite: os restos fecais não eliminados facilitam a absorção de substâncias tóxicas pelo sangue através do intestino, que acabam contaminando as células do tecido conjuntivo.


Esperamos que tenha achado útil esta relação das principais causas da celulite.


Recomendamos que conheça um método natural que poderá ajudá-la a acabar com a celulite para sempreClique aqui para conhecê-lo.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste artigo? Compartilhe-o com seus amigos: