segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Tratamento para prisão de ventre




Quantas vezes seu intestino funciona diariamente? O ideal seria pelo menos uma vez ao dia, dando a sensação de esvaziamento total. Se isto não estiver acontecendo, é bom ir procurando um bom tratamento para prisão de ventre.


Tratamento para prisão de ventreNo entanto, antes de procurar uma solução, é preciso que você entenda que existem dois tipos de prisão de ventre: a atônica e a espasmódica.


- A prisão de ventre atônica, mais conhecida por “intestino preguiçoso” é a mais comum. Geralmente é provocada por dietas pobres em fibras e baixo consumo de água, mas também pode ser ocasionada pelo excesso de laxantes e o sedentarismo.


- Já a prisão de ventre espasmódica, com movimentos irregulares do intestino, pode ter como causas o estresse, o fumo, problemas neurológicos e alimentos que causem irritação da mucosa intestinal e/ou obstruções do cólon.


O álcool também pode ocasionar prisão de ventre, assim como o leite de vaca em algumas pessoas.


Tratamento para prisão de ventre: dicas naturais


1 – Ingira alimentos prebióticos


Intestino irregular pode ser sinal de flora intestinal comprometida. Para recuperá-la será necessário aumentar o consumo de alimentos prebióticos como banana verde, cebola, bardana e chicória.


Se o caso for muito grave, talvez seja necessário também consumir probióticos.


2 – Aumente o consumo de água


Um adulto deve beber pelo menos 8 copos de água diariamente. A baixa ingestão de líquidos faz com que as fezes ressequem demais e endureçam, dificultando sua passagem através do intestino.


Além demais, a água faz alguns tipos de fibras incharem, ajudando no trânsito intestinal.


3 – Consuma alimentos ricos em fibras


Além de ajudarem a regular o intestino, as fibras ajudam a eliminar substâncias tóxicas contidas nos alimentos. Coma cereais e alimentos integrais, vegetais e frutas, mastigando-os bem.


A seguir, uma lista de alimentos recomendados para a prisão de ventre: aveia, granola, gergelim, linhaça, pão integral, macarrão integral, arroz integral, feijão, lentilha, milho, abóbora, couve, cenoura, batata doce, cebola, tomate, agrião, brócolis, espinafre, vagem, além de frutas como: mamão, abacaxi, ameixa, manga, figo, maçã, banana, abacate, pêssego e laranja (com bagaço).


As frutas secas como uvas passas, tâmaras, figos, banana e ameixas contêm muita fibra.


Dica: consuma as verduras cruas e os legumes também crus ou pouco cozidos.


4 – Ingira alimentos laxativos


Algumas frutas como a laranja, o mamão e a ameixa, podem ser consideradas verdadeiros “laxantes naturais”.


5 – Pratique uma atividade física


Mexa-se! O sedentarismo pode ocasionar prisão de ventre.


Mantenha uma atividade física regular, pois ajuda a estimular o intestino.


6 – Não adie a ida ao banheiro


Quando estiver com vontade, vá ao banheiro! Adiar poderá prender seu intestino.


Esperamos que tenha achado úteis estas informações sobre o tratamento para prisão de ventre.


Recomendamos que veja também fibras de aveia e beterraba e fibras de aveia, gergelim, feijão, mamão, hibisco e ervas.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário