segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Barriga aumenta os riscos do câncer de próstata

Os homens com muita barriga são mais propensos a contrair câncer de próstata do que aqueles que acumulam poucas gorduras na região abdominal.


Estas são as conclusões a que chegaram cientistas do Instituto Alemão de Nutrição (Dife, na sigla em alemão) em Potsdam, próximo a Berlim, autores de um estudo realizado com 153.000 homens.


A gordura abdominal aumenta os riscos do câncer de próstata


câncer de próstataDe acordo com a pesquisa, após observar estes homens, a relação entre o perímetro da cintura e o do quadril é a que melhor reflete o risco de ter este tipo de câncer.


Os cientistas suspeitam de que a gordura abdominal tenha uma influência negativa sobre o balanço hormonal.


Os homens com um coeficiente de cintura-quadril superior a 0,99 têm 43 % mais risco de ter câncer de próstata do que aqueles com um coeficiente inferior a 0,89.


Verifique seu coeficiente Cintura-Quadril clicando aqui


Este coeficiente é obtido pela divisão do perímetro da cintura pelo perímetro do quadril.


Ambos os perímetros permitem tirar conclusões sobre o volume de gordura acumulada na região abdominal.


“Até agora sabemos pouco sobre a relação causal”, reconheceu Heiner Boeing, um dos autores do estudo, que apontou a possibilidade de relação entre a gordura e o nível dos andrógenos (hormônios masculinos).


O relatório faz parte de um amplo estudo sobre a relação da alimentação com o câncer e outras doenças crônicas como o diabetes do tipo 2, intitulado “European Prospective Investigation into Câncer and Nutrition” (Investigação por Sondagens Sobre Câncer e Alimentação – Epic, na sigla em inglês) e iniciado em 1992.


Já é sabido que altos acúmulos de gordura abdominal elevam sensivelmente os riscos de infarto do miocárdio e de diabetes.


Fonte principal: Efe Berlim


Esperamos que tenha gostado deste artigo sobre um dos agravantes do câncer de próstata: a gordura abdominal.


Recomendamos que veja: programas de redução do peso.








Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:



Nenhum comentário:

Postar um comentário