sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Receita natural para tratamento da diarreia

O tratamento da diarreia costuma ser bastante simples, no entanto, de não ser tratada, as consequências desta doença podem ser muito graves, podendo em alguns casos ocasionar à morte.


Tipos de diarreia


Conforme sua duração, a doença pode ser classificada em aguda, persistente ou crônica:


Tratamento da diarreia- Aguda: quando dura até 2 semanas;
Persistente: de 2 a 3 semanas;
Crônica: acima de 3 semanas.


Esta classificação é importante porque o tratamento de cada um dos tipos é diferente.


Causas da diarreia


A diarreia pode ser ocasionada por vários fatores:


- Infecções por vírus, bactérias ou parasitas. As pessoas que seguem um padrão de higiene mínimo e não se alimentam em lugares públicos, tem a tendência de adquirir somente a forma viral da doença, que é transmitida em lugares fechados;


- Alergias;


- Alguns medicamentos, incluindo antibióticos, antirretrovirais;


- Doença inflamatória intestinal.


Receita natural para tratamento da diarreia não infecciosa



O chá de folha de goiabeira, além de ser útil para combater os sintomas da diarreia não infecciosa, também pode ser utilizado, em uso tópico, em peles e mucosas lesadas, atuando como antisséptico.


Você vai precisar de:


2 g (uma colher de sopa de sobremesa) de folhas novas de goiabeira


150 ml (uma xícara de chá) de água.


Modo de Preparo:


Prepare uma infusão com as folhas da goiabeira.
Ferva a água e, após desligar o fogo, acrescente as folhas.
Deixe tampado por alguns minutos.


Uso:


Beba um cálice (30 ml) após a evacuação no máximo dez vezes ao dia.


Cuidados:


Não utilize continuamente.


Este chá é para uso adulto.


Se os sintomas não passarem, procure um médico, pois pode tratar-se de diarreia infecciosa e deverá fazer um tratamento convencional.


Fontes principais: Wikipédia e Natural.enternauta.com.br


Esperamos que tenha achado útil esta receita natural para o tratamento da diarreia.


Recomendamos que veja também: um suplemento de vitaminas e minerais para repor nutrientes.








Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:



Nenhum comentário:

Postar um comentário