sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Tratamento natural para fígado e vesícula biliar

Existem três plantas com propriedades incríveis para proteger o fígado e a vesícula biliar: o cardo-mariano, o dente-de-leão e a alcachofra. Seus benefícios são tantos que podem ser considerados como um tratamento natural para fígado e vesícula biliar.


Conheça suas propriedades a continuação.


Tratamento natural para fígado e vesícula biliar


Cardo-mariano (cardo santa-maria, cardo-leiteiro).


tratamento natural para figadoÉ uma planta herbácea que contém princípios amargos, lipídios, proteínas, flavonoides, mucilagens, óleo essencial, taninos, albumina e ácidos graxos linoleicos; é diurética, tônica, reguladora das células hepáticas, estimula o fluxo biliar e combate os espasmos.


Esta planta é utilizada por via oral há séculos no combate das doenças do fígado e vesícula biliar.


Contém três das mais potentes substâncias protetoras do fígado conhecidas que, juntas, são chamadas de silimarina, com maior concentração no fruto do que nas sementes e folhas.


O efeito mais interessante dos seus princípios ativos sobre o fígado é a sua capacidade de estimular a síntese de proteína hepática, aumentando a produção de novas células hepáticas que substituem as danificadas.


Além de proteger e curar as células hepáticas, o cardo-mariano é um excelente digestivo, diurético, e é indicado nos casos de insuficiência hepática, cirrose hepática, esteatose hepática (degeneração celular ou infiltração gordurosa), hepatite e afecções da vesícula biliar.


Receita de chá com cardo mariano


Ingredientes:


1 colher (chá) bem cheia de frutos secos
½ litro de água


Modo de preparo:


Coloque os frutos na água, leve ao fogo e deixe cozinhar por 8 minutos.
Espere amornar e coe.


Tome de duas a três xícaras do chá durante o dia.


Dente-de-leão.


tratamento natural para figadoPlanta herbácea que é um excelente alimento e um dos melhores remédios naturais para o fígado e vesícula biliar; apresenta também propriedades que favorecem a digestão, depurativas, diuréticas, tônicas e anti-reumáticas.


Contém flavonoides, iodo, vitaminas A (contém mais do que a cenoura), B1, C e D, ácidos graxos, minerais como potássio e zinco, princípio amargo (taraxacina), além de proteína, colina, insulina e pectinas (fibras).


Melhora a produção da bile e o seu fluxo para a vesícula biliar, estimula a função renal, auxilia na prevenção de cálculos biliares e o composto amargo é responsável pela estimulação da digestão e secreção gástrica, além de ser e antioxidante.


Alcachofra.


É um alimento muito saboroso benéfico ao fígado e à vesícula biliar, mas também apresenta ação depurativa, diurética, tratamento natural para figadolaxativa, hipoglicemiante e normaliza as taxas de ureia e colesterol do sangue.


A alcachofra pode ser empregada para fins medicinais nas formas de: decocto, tintura-mãe, vinho medicinal, extrato seco e hidrolato (obtido por destilação).


Contém: cinarina, sais minerais, mucilagem, pectina, ácidos orgânicos, compostos flavônicos, cinaropicrina (principal constituinte amargo), enzimas e pró-vitamina A (entre outras vitaminas).


Além de proteger e regenerar as células do fígado, o sabor amargo desta planta contribui para aumentar a secreção gástrica e sua acidez, sendo indicada no combate da má digestão; também ajuda a transportar a bile para a vesícula biliar, protegendo o fígado e diminui as cólicas provocadas pelos cálculos biliares.


Esperamos que tenha gostado deste post sobre tratamento natural para fígado e vesícula biliar.


Recomendamos que veja também: 


- Bebida desintoxicante com chá verde


Bebida com chá preto e guaraná








Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:



Nenhum comentário:

Postar um comentário