segunda-feira, 28 de abril de 2014

Quais os benefícios do mamão?




Que é um alimento ótimo para a saúde todos nós já ouvimos dizer, mas você sabe realmente quais os benefícios do mamão?


Esta é uma fruta muito conhecida principalmente por seus benefícios para o intestino, devido às fibras e enzimas que contém, que facilitam a digestão e evitam a prisão de ventre.


quais os beneficios do mamao


Entretanto, devido ao seu alto conteúdo de nutrientes, tem também muitas outras propriedades benéficas para nossa saúde, que o transformam num alimento funcional.


Conheça agora quais os benefícios do mamão


Dentre suas inúmeras propriedades, podemos destacar as seguintes:


- Grandes quantidades de sais minerais (cálcio, fósforo, ferro, sódio e potássio);


- Vitaminas A, C e algumas do complexo B, micronutrientes essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo;


- Betacaroteno, que auxilia no combate aos radicais livres, prevenindo vários tipos de doenças;


- Fibras solúveis, que ajudam na redução do colesterol quando associado a uma alimentação saudável e a prática de exercícios;


- Papaína, enzima que auxilia na digestão dos alimentos e na absorção de nutrientes.


- O mamão também tem propriedades laxativas e calmantes, sendo indicado para pessoas com estômago frágil ou que estejam seguindo um programa de emagrecimento.


- Alivio dos sintomas da sinusite. Um estudo alemão mostrou que o mamão possui uma enzima chamada bromelina que ajuda reduzir o muco e a inflamação.


- Melhora da saúde óssea. Contém ácido fólico, que ajuda a prevenir fratura de ossos e osteoporose.


- Combate de doenças da vesícula biliar nas mulheres. O mamão tem duas vezes mais vitamina C que a laranja. Segundo um estudo da Universidade da Califórnia, as mulheres possuem níveis mais baixos de vitamina C e por isso são mais propensas a ter problemas de vesícula.


- Prevenção de doenças cardíacas. Rico em antioxidantes, nutrientes que previnem a oxidação do colesterol, evita, assim, que se formem placas nas paredes dos vasos sanguíneos, o que pode causar ataques de coração e derrames.


- Melhora da pele. O consumo frequente do mamão pode proporcionar uma pele de pêssego, desde que associado a uma alimentação saudável e à ingestão de bastante água.


Esperamos que tenha gostado deste artigo sobre quais os benefícios do mamão.


Recomendamos que conheça tabletes com fibras de aveia, mamão e outros vegetais.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


quinta-feira, 24 de abril de 2014

Remédios caseiros para a gripe




Em qualquer época do ano, a gripe pode aparecer e nos derrubar, atrapalhando nossos planos. Certos remédios caseiros para a gripe, utilizados por um grande número de pessoas de todas as idades, poderão lhe ajudar a superar estes dias de malestar.



remédios caseiros para a gripeConheça agora 9 remédios caseiros para a gripe que podem lhe ajudar a se sentir melhor


Vitamina C


Alguns estudos demonstram que o uso da vitamina C pode reduzir a duração do quadro da gripe, enquanto outros mostram que pode ajudar a prevenir resfriados.


Sopa de galinha


É realmente um bom remédio para gripes e resfriados. O vapor da sopa alivia a congestão nasal e seu conteúdo líquido ajuda o corpo a manter-se hidratado.


Chá quente


Beber chá quente alivia a congestão nasal e o mal estar. Adicionalmente, alguns chás, como o chá verde, são ricos em antioxidantes que fortalecem o sistema imunológico.


Alho


Há muito tempo o alho vem sendo usado como um remédio natural para combater infecções. Mesmo não existindo estudos específicos que indiquem o alho como remédio para gripe, ele continua sendo um alimento nutritivo principalmente para os dias que durar a infecção.


Vaporizadores e umidificadores de ar


Respirar vapor pode ser um bom remédio para gripe, pois ajuda a reduzir a congestão nasal. Você pode usar aparelhos próprios ou somente aproveitar o vapor do chuveiro quente.


Soro fisiológico


Pingar soro fisiológico ou solução salina no nariz é um bom remédio para a gripe, pois auxilia na redução da congestão nasal e também na remoção de partículas de vírus e bactérias. Tampe uma narina enquanto pinga o soro na outra e repita o procedimento várias vezes ao dia.


Mentol


O efeito do mentol é refrescante e ajuda a melhorar a congestão nasal e a respiração, sendo assim um bom remédio para gripes e resfriados. Use unguentos de mentol no peito ou próximos ao nariz, mas nunca dentro das narinas, evitando contato com os olhos. Uso não recomendado em crianças menores de 2 anos.


Gargarejo com água e sal


É um remédio para garganta inflamada, comum em casos de gripe e resfriados. Gargareje usando um copo de água morna com uma colher (chá) de sal, quatro vezes ao dia.


Água


Manter-se hidratado é essencial para melhorar mais rápido de um quadro de gripe ou resfriado. Tanto a febre quanto as secreções das vias respiratórias aumentam a perda de água durante a infecção. Por isto a água ajuda nos estados gripais mantendo o sistema imunológico funcionando em condições ideais.


Recomendações importantes


Além dos remédios caseiros para a gripe relacionados anteriormente,  temos três recomendações importantes para ajudá-lo a recuperar-se mais rapidamente.


1- Adultos: deixe a febre agir


A febre é um remédio contra a gripe. O aumento da temperatura corporal combate o vírus da gripe e dos resfriados tornando o ambiente inóspito a estes germes. Suporte uma febre leve a moderada por alguns dias para melhorar mais rápido, mas lembre de manter-se bem hidratado.
No entanto, no caso de febres maiores que 39º C que não baixam com tratamento, o melhor é consultar um médico, para descartar outras origens.


2- Crianças: evite o quadro de febre!


3- Todos merecem um repouso


Um descanso adequado ajuda a direcionar mais energia para combater o vírus da gripe e manter-se aquecido também é um bom remédio. Então, dê um tempo para você e para as células do seu sistema imunológico.


Fonte principal: bancodesaude.com.br


Recomendamos que conheça um poderoso complexo com 23 vitaminas e minerais antioxidantes e uma bebida desintoxicante à base de chá verde, chá preto e ervas.


Esperamos que tenha gostado deste post sobre os remédios caseiros para a gripe.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


terça-feira, 22 de abril de 2014

Os grupos de alimentos




Para nos alimentarmos de maneira adequada, é fundamental que primeiramente conheçamos os grupos de alimentos e a importância que cada um deles tem para a nossa saúde.


Comer é uma necessidade para o organismo: é essencial para o crescimento físico e desenvolvimento intelectual na infância e na adolescência e para o bom funcionamento e saúde do nosso corpo em qualquer idade.


Os grupos de alimentosNo entanto, comer também é um fato social que nos acompanha ao longo da vida e requer aprendizagem: os hábitos alimentares são definidos na infância, mas se desenvolvem e estabelecem ao longo da vida.


Por este motivo, é essencial que os pais aprendam a apreciar e transmitir aos seus filhos a importância de uma dieta equilibrada e variada como um método para se obter um corpo saudável, assim como também as consequências de uma dieta restritiva.


Hábitos alimentares saudáveis representam um componente essencial da qualidade de vida.


Em contrapartida, hábitos alimentares pouco saudáveis, causam complicações físicas que se manifestam em sintomas como cansaço, falta de concentração, fraqueza, irritabilidade, tristeza e raiva, entre outros. Os principais problemas de saúde associados a uma nutrição inadequada são: obesidade, arteriosclerose, hipertensão, prisão de ventre, diabetes, osteoporose e alguns tipos de câncer, especialmente digestivos.


Os alimentos que comemos contêm nutrientes básicos necessários para nossa constituição física e sobrevivência. A proporção de cada um desses nutrientes encontrada na alimentação é variada e o papel que cada um deles desempenha no organismo é fundamentalmente diferente.


Os grupos de alimentos


Com base nesses elementos essenciais, os alimentos mais comuns são organizados em sete grupos:


1- Leite e seus derivados. Apresentam um considerável conteúdo dos diversos nutrientes elementares, pois são alimentos muito completos.


2- Carne, peixe, mariscos e ovos. Proporcionam, fundamentalmente, proteínas de alto valor biológico, ou seja, os nutrientes plásticos que o organismo necessita para formar e regenerar os seus tecidos, mas também fornecem energia.


3- Tubérculos e legumes. Tem elevado conteúdo de hidratos de carbono complexos, que constituem a principal fonte energética do organismo.


4- Hortaliças. Proporcionam uma grande variedade de minerais e vitaminas, que desempenham um papel regulador controlando as diversas fases do metabolismo.


5- Frutas. Tem um grande conteúdo de água, importantes vitaminas e minerais e uma variável percentagem de açúcar.


6- Pães, massas, cereais e açúcar. Tem como nutriente principal os carboidratos e caracterizam-se pelo seu elevado potencial energético, sendo assim bons complementos da dieta, desde que o seu consumo seja moderado.


7- Óleo vegetal e manteiga. As gorduras que contêm são usadas como fonte de calorias e destinam-se a serem queimadas para fornecer energia.


Assim, para obtermos uma nutrição adequada capaz de atender nossas necessidades nutricionais, precisamos escolher em nosso cardápio diário um ou mais representantes de cada um dos grupos de alimentos em número suficiente, alocando-os entre todas as refeições. O resultado final garante o equilíbrio da nossa dieta.


Você não precisa comer muito: você deve comer bem!


Recomendamos que conheça um shake com alto teor nutricional.


Esperamos que tenha achado útil este post sobre os grupos de alimentos.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


quinta-feira, 17 de abril de 2014

6 alimentos que ajudam a perder peso




Alguns assinantes tem nos enviado mensagens querendo saber quais os alimentos que ajudam a perder peso.


Pois bem, fizemos uma lista com os 6 principais alimentos que podem ajudar você a emagrecer. Eles não fazem milagres, mas podem ser ótimos aliados numa dieta de emagrecimento.


Eles são chamados de “alimentos termogênicos“, pois, certas substâncias que contêm, têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e queimando as gorduras.


Quais os alimentos que ajudam a perder peso?


quais os alimentos que ajudam a perder peso


Conheça agora quais são os 6 principais alimentos termogênicos:


1 – Chá Verde: o chá extraído das folhas da Camellia Synensis favorece a transformação da gordura corporal em energia, devido ao estímulo que produz no metabolismo.
Os especialistas recomendam beber de 3 a 5 xícaras do chá diariamente.
Pesquisas comprovam que o extrato de chá verde proporciona melhores resultados do que a própria folha do chá, devido às altas concentrações dos seus componentes ativos.


2 - Chá de Hibisco: durante a sua digestão, o hibisco aumenta a temperatura do corpo e, como consequência, acaba aumentando o metabolismo.


3 – Canela: assim como os outros alimentos termogênicos, a canela também aumenta o metabolismo, mas, além disso, tem um componente que é fundamental para o emagrecimento: cálcio mineral, em alta concentração. Polvilhe a canela por cima de frutas e outros alimentos: melhora o sabor e emagrece!


4 – Pimenta Vermelha: este tipo de pimenta contem uma substância chamada capsaicina, que aumenta a quebra de gorduras no tecido adiposo. Se consumir 3 gramas por dia, seu metabolismo pode aumentar em até 20%!


5 – Gengibre: esta raiz, considerada um alimento funcional, devido às suas propriedades nutricionais, pode aumentar em até 10% o gasto de calorias. Duas fatias pequenas de gengibre por dia são suficientes e pode ser consumido de diversas formas: cru, como tempero de carnes e peixes, no molho de tomate e até como chá, misturado com algumas ervas.


6 - Alimentos com Ômega 3: este incrível ácido graxo pode ser encontrado em peixes de águas frias como o salmão e o atum (são as melhores fontes), assim como também em oleaginosas como nozes, castanhas e amêndoas. Entre suas muitas propriedades, o Ômega 3 aumenta o metabolismo e reduz a retenção de líquidos.


Recomendamos que conheça uma bebida com chá verde, chá preto e ervas aromáticas e um poderoso suplemento de ômega 3.


Esperamos que tenha gostado deste artigo sobre quais os alimentos que ajudam a perder peso.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


terça-feira, 15 de abril de 2014

Chá verde diminui a celulite




É sabido que este poderoso chá tem inúmeras propriedades e benefícios para nossa saúde, mas será verdade que o chá verde diminui  a celulite?


Para responder a esta pergunta, antes de mais nada precisamos saber qual é o verdadeiro chá verde e como é tratado para manter suas propriedades.


O verdadeiro chá é proveniente das folhas da Camellia Sinensis e os diferentes tipos são obtidos de acordo com o tratamento a que as mesmas são sujeitas.


Para se obter o poderoso chá verde, as folhas da Camellia Sinensis são submetidas a um processo de aquecimento logo após a sua colheita,  para evitar a oxidação. Graças a esse método, a bebida preserva grande parte das características da planta.


cha verde diminui a celuliteSuas virtudes medicinais são de conhecimento milenar, mas hoje, a ciência está comprovando suas propriedades terapêuticas e cosméticas, sendo considerado atualmente um aliado da saúde por ser rico em flavonóides – substâncias antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular precoce.


O chá verde diminui a celulite e queima gordura corporal


Algumas das propriedades do chá verde que mais interessa às mulheres são as seguintes: substâncias presentes no chá verde regeneram a peleaceleram o metabolismo, ajudam a queimar gordura corporal e são eficazes no tratamento da celulite!


Um estudo realizado na Suíça com três grupos de pessoas que seguiram a mesma dieta, revelou que, o grupo que recebeu este chá, teve aumento de 4% na velocidade de combustão das calorias no organismo.


No entanto, também está comprovado que o chá verde ajuda a diminuir as taxas de colesterol e ativa o sistema imunológico, assim como previne o câncer, devido ao fato de ser rico em bioflavonóides e catequinas, substâncias que bloqueiam as alterações celulares que dão origem aos tumores.


Além de conter manganês, potássio, ácido fólico e as vitaminas C, K, B1 e B2, ajuda a prevenir doenças cardíacas e circulatórias por conter boa dose de tanino: o consumo diário desse chá diminui as taxas do LDL (colesterol “ruim”) e fortalece as artérias e veias.


Um outro estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, demonstrou que o extrato de chá verde pode aumentar a utilização de energia muito acima dos efeitos da cafeína pura.


Saiba como preparar o chá verde adequadamente


Quantidade recomendada: 2 colheres de sopa de folhas do chá para 1 litro de água.


- Ferva a àgua até que comece a borbulhar ligeiramente e desligue o fogo.


- Aguarde de 30 a 60 segundos antes de usá-la, deixando-a esfriar um pouco.


- Coloque a água aos poucos num recipiente, vertendo-a sobre uma colher de sopa cheia de chá verde.


- Abafe e deixe descansar durante pelo menos 5 minutos. Depois coe, removendo as folhas.


- Coloque o chá acabado de fazer num bule previamente aquecido com àgua quente.


- Quando for servir o chá em várias xícaras, encha cada uma até um terço e vá rodando, para que o sabor seja igualmente distribuido entre elas. Isto porque o chá “assenta” e, a primeira vez que for serví-lo, será mais fraco do que a última.


Na medida do possível, beba-o puro, sem usar açúcar, leite ou outros aditivos.  Se preparado adequadamente, possui um sabor delicioso, forte e característico.


Seguindo estas orientações, você poderá extrair uma maior quantidade de polifenóis do chá verde, que contém antioxidantes em alta concentração.


Esperamos que tenha achado útil este post sobre como o chá verde diminui a celulite.


Se você tem este problema, recomendamos que conheça um método natural que poderá ajudá-la a acabar com a celulite para sempreClique aqui para conhecê-lo.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste artigo? Compartilhe-o com seus amigos.


segunda-feira, 7 de abril de 2014

Dicas para prevenir a obesidade nas crianças




O risco de obesidade nas crianças e adolescentes tem aumentado muito nos últimos anos. Isto se deve, sobretudo, a maus hábitos alimentares e comportamentais, com uma forte tendência ao sedentarismo.


O excesso de gordura no organismo pode causar diabetes, hipertensão, aumento dos níveis de colesterol e triglicérides e a tendência à coagulação acelerada do sangue, entre outros problemas graves de saúde.


Como a prevenção é sempre o melhor caminho, induzir os seus filhos a fazer algumas mudanças no seu dia-a-dia é um ótimo meio de evitar que eles se tornem obesos.


como evitar obesidade nas crianças


Dicas para evitar a obesidade nas crianças e adolescentes


Como evitar o sedentarismo


- Compre presentes de aniversário e Natal que estimulem o movimento, como patins.
– Envolva outros parentes e amigos nas suas atividades.
– Dê ênfase à diversão, não à técnica.
– Seja voluntário em eventos de atividades físicas na escola de seus filhos.
– Descubra atividades, na sua comunidade, como trilhas, piscinas, parques, clubes e outros.
– Planeje festas e férias onde movimentos e jogos estejam sempre presentes. Em vez de comemorar o aniversário com uma festinha, reúna os amigos e parentes e passe o dia num parque.


Hábitos alimentares importantes


- A ingestão energética deve ser equilibrada.
– Atividades físicas e de jogos esportivos devem ser praticados diariamente.
– Evitar o sedentarismo, deixando a criança não mais do que duas horas por dia em frente à TV, ao videogame e / ou computador.
– Oferecer legumes, frutas e verduras durante as refeições.
– Leite e derivados devem ser consumidos diariamente.
– Crianças e adolescentes que apresentam hábitos alimentares inadequados devem contar com a intervenção da família.
– Os pais precisam controlar o que os seus filhos comem e quais são os momentos adequados para o consumo de cada tipo de alimento.
– É fundamental que os pais adotem o modelo “coma o que eu como” e não “coma o que eu mando”.


Recomendamos que conheça nossos programas de controle de peso.


Esperamos que tenha gostado destas dicas para prevenir a obesidade nas crianças e adolescentes.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


quarta-feira, 2 de abril de 2014

Como fazer para dormir bem




Uma noite mal dormida traz como consequência um dia improdutivo e cheio de problemas ocasionados pelo mau humor e a falta de clareza mental. Mas, como fazer para dormir bem à noite?


Apesar de parecer muito simples, alguns conselhos básicos podem ajudar você a ter um sono perfeito.


Como fazer para dormir bemO neurologista Shigueo Yonekura, do Instituto de Medicina e Sono da Unifesp, dá dez dicas simples de como espantar a insônia.


Como fazer para dormir bem: 10 dicas para uma ótima noite de sono


1- Antes de ir para o quarto, é fundamental aplacar as ansiedades do dia a dia. Não vá para a cama assim que chegar do trabalho. Primeiro tome um banho morno, procure relaxar, para só então ir se deitar.


2- Desligar a TV e o computador é um método bastante eficaz. A luz desses aparelhos atrasa a produção das substâncias responsáveis pelo aviso de que é hora de dormir.


3- Exercícios físicos devem ser feitos até quatro horas antes de ir dormir, ou o corpo ainda estará agitado. Na cama só vale o sexo que, aliás, é ótimo para relaxar.


4- Um chá também ajuda, porém, é preciso escolher as ervas certas. Nada de tomar chá preto ou verde, ricos em cafeína, que é estimulante. Infusões de melissa e camomila induzem ao sono e ainda melhoram a sua qualidade.


5- Coma pouco à noite. Faça uma refeição leve, usando, por exemplo, aspargos, palmito, arroz, batata, aveia e soja. Tomar sopas com esses ingredientes é uma excelente pedida, principalmente nas noites mais frias.


6- Aquele bife suculento jamais deve ser comido à noite, porque a proteína que compõe esse alimento ativa o sistema nervoso simpático, responsável, entre outras funções, por deixar seu corpo em estado de alerta, favorecendo, assim, maior descarga de adrenalina.


7- Um ritual interessante é depois do banho morninho, acender uma lâmpada azul e pingar algumas gotas de óleo de lavanda no travesseiro. Essa técnica acalma os pensamentos, relaxa o corpo e induz a um sono melhor.


8- Um copo de leite morno também ajuda a encontrar o caminho para um sono tranquilo, porque o alimento possui (em concentração não muito grande, é verdade), o triptofano, que é um precursor de serotonina, outro neurotransmissor que está fortemente associado ao relaxamento profundo.


9- Não ingira álcool antes de ir dormir. Não se engane com aquela relaxadinha gostosa que o álcool oferece, porque, após alguns goles, essa substância pode afrouxar estruturas da região da faringe comprometendo a respiração. O resultado é o insuportável ronco, que prejudica as fases do sono, ou o efeito rebote, que é quando a pessoa acorda várias vezes no meio da noite.


10- Procure dormir, ao menos, sete horas por noite.


Recomendamos que conheça um shake com nutrição equilibrada para sua janta.


Esperamos que tenha gostado destas informações sobre como fazer para dormir bem.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


Sintomas da Diabetes




A diabetes (ou diabete)  é uma doença crônica caracterizada pelos altos níveis de glicose (açúcar) no sangue. A insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, e responsável pelo encaminhamento da glicose ao interior das células, onde é utilizada como combustível. Veja a continuação como a doença se manifesta e quais os principais sintomas da diabetes.


Sintomas da diabetesQuando nosso pâncreas não consegue produzir insulina em quantidades suficientes, o nível de glicose em circulação no nosso sangue pode subir perigosamente. Se este nível ultrapassar os 90 decilitros por mg, já pode ser preocupante e, se chegar na marca de 126, estaremos com diabetes.


Muitas pessoas desconhecem os sintomas que caracterizam a diabetes e, por esse motivo, demoram a perceber que há algo errado com seu corpo, que precisa ser tratado antes que a doença se agrave.


Principais sintomas da diabetes


Tem pessoas que não chegam a apresentar nenhum sintoma, contudo, é bom ficar de olho nos mais comuns, que são:


• sede excessiva


• aumento do volume da urina


• micção frequente


• surgimento do hábito de urinar à noite


• fadiga, fraqueza, tonturas


• visão borrada


• fome frequente


• perda de peso repentina


• demora para curar ferimentos


• pele seca


• formigamento nos pés.


Estes sintomas tendem a se agravar progressivamente e, se a doença não for tratada, pode levar a complicações severas como a cetoacidose diabética (no tipo I) e o coma hiperosmolar (no tipo II), por exemplo.


As complicações podem envolver queixas visuais, cardíacas, circulatórias, digestivas, renais, urinárias, neurológicas, dermatológicas e ortopédicas, entre outras.


Esperamos que tenha achado útil este breve post com informações sobre os principais sintomas da diabetes.


Fique de olho e, se suspeitar, visite seu médico.


Recomendamos que conheça um shake adoçado com frutose.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:


Como eliminar o stress




Existem várias formas de descontrair e relaxar depois de um dia particularmente agitado e estressante, mas o mais certo é que o dia seguinte trará mais do mesmo. Daí a importância de saber como eliminar o stress, descobrindo sua raiz para eliminá-lo de uma vez por todas!


Como eliminar o stressUma revisão cuidada da sua vida, juntamente com a alteração de alguns hábitos, pode eliminar grande parte das fontes de stress no seu cotidiano. Sejamos realistas, uma vida sem ele não é possível.


O stress é uma resposta natural aos desafios da vida e uma vida sem desafios seria demasiado entediante. No entanto, grande parte do stress que existe nas nossas vidas é completamente desnecessário e pode ser facilmente eliminado.


Como eliminar o stress com 10 passos simples


1 – Identifique as fontes do stress.
Este é o primeiro passo e o mais importante. Pare para pensar 5 ou 10 minutos sobre as coisas que tornam os seus dias e as suas semanas mais estressantes. Quais são as pessoas, as atividades, as tarefas ou as coisas que considera serem a raiz do mal. Elabore uma lista das top 10 e veja o que pode ser eliminado de imediato. Para aquelas que não têm uma solução definitiva, procure formas de atenuá-las.


2 – Elimine obrigações desnecessárias.
A nossa vida está cheia de obrigações: começando pelas profissionais, passando pelas familiares, cívicas, tarefas domésticas, aquelas ligadas a instituições, associações ou paróquias e terminando nos passatempos, atividades desportivas, culturais e online, entre muitas outras. Pese cada uma individualmente: a quantidade de stress que produzem versus o valor que retira de cada uma. Seja radical e faça o que tiver de fazer para eliminar aquelas que lhe proporcionam pouco valor e prazer.


3 – Faça agora!
Procrastinação é um hábito bastante comum hoje em dia: deixar para amanhã aquilo que pode ser feito hoje. Só que, ao deixar que os afazeres da sua vida se amontoem, você faz sua vida ficar mais estressada. Desenvolva o hábito de “fazer agora” ou “tratar imediatamente” e mantenha tudo sob controle e em dia.


4 – Acabe com a desorganização.
Todos temos uma pontinha de desorganização dentro de nós. E a desorganização também é estressante – visualmente é horrível e se nos impede de encontrar as coisas que necessitamos, pior ainda! Reserve um tempinho para se organizar: comece com o escritório e os mil e um papéis que lá abundam, passando progressivamente para as restantes divisões da casa.


5 – Pare de chegar atrasado.
Estar atrasado estressa qualquer um. Temos de correr para nos arranjarmos, correr para chegar ao sítio aonde já devíamos estar, enquanto nos estressamos durante todo o processo sobre estarmos atrasados. Aprenda a chegar cedo, faça deste um novo hábito. Faça um esforço consciente e saia mais cedo. O resultado direto deste esforço é que dirigir vai ser muito mais prazeroso.


6 – Deixe de ser controlador.
Tentar controlar tudo e todos não funciona. Mesmo assim, tentamos fazer isso sabendo que não gera resultados e que os nossos níveis de ansiedade sobem assustadoramente. É importante aprender a deixar as coisas fluírem naturalmente, respeitar a forma como as outras pessoas fazem as coisas, aceitar o desfecho das diferentes situações que povoam a nossa existência. A única coisa que realmente pode controlar é você próprio.


7 – Uma coisa de cada vez.
Executar, em simultâneo, múltiplas tarefas pode parecer produtivo, mas na realidade torna-nos mais lentos na medida em que não conseguimos concentrar-nos o suficiente numa só tarefa para poder concluí-la. Entretanto, ficamos estressados. Faça apenas uma coisa de cada vez e aprenda a delegar.


8 – Elimine os “suga-energias”.
Se já parou para analisar a sua vida, provavelmente descobriu algumas coisas que lhe sugam a sua preciosa energia. Existem certas coisas na vida que são mais exaustivas que outras e com a desvantagem que não têm qualquer valor acrescentado. Saiba quais são e faça um ‘delete’ permanente. O resultado? Mais energia e mais felicidade.


9 – Evite as pessoas difíceis.
Sabe exatamente quem são. Sim, diretores, colegas de trabalho, clientes, vizinhos, até alguns amigos e familiares – aquelas pessoas que tornam a sua vida mais complicada. Poderia sempre confrontá-los e discutir as desavenças, mas isso seria ainda mais estressante. O mais fácil é simplesmente evitá-las.


10 – Simplifique a sua vida.
Tornar mais simples as suas tarefas diárias, as suas obrigações, a quantidade de informação que registra, a sua casa e muitas outras coisas que preenchem a sua vida implicará uma redução significativa no seu nível de stress.


Recomendamos que conheça um chá que pode ajudar a combater o stress.


Fonte principal: estadozen.com


Esperamos que tenha gostado destas dicas sobre como eliminar o stress definitivamente.


Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e outros assuntos de saúde e bem estar.


Deixe-nos seus comentários logo abaixo.


Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos: