sexta-feira, 19 de maio de 2017

Como prevenir a gripe

Neste artigo veremos como prevenir a gripe por meio de uma boa alimentação e a mudança de alguns hábitos.
Além das recomendações das autoridades sanitárias, como lavar as mãos com frequência, etc., existem providências que devem ser tomadas por todos nós.
Infelizmente as mesmas não costumam fazer parte dos cuidados básicos, sendo que, muitas delas, são até mais importantes do que as orientações oficiais.
Em primeiro lugar, tanto os profissionais de saúde quanto as pessoas comuns, deveriam saber que é necessário atuar no sentido de se possuir um sistema imunológico bem forte.
Quase nada está se fazendo nessa direção, de uma forma que se espalha o terror das doenças respiratórias quando chega o inverno, mas não se tomam as providências necessárias para reforçar o mecanismo de defesa do organismo da população.
Desta maneira se permite que todos estejam expostos a determinados tipos de virose.
Leia mais: Como prevenir a gripe.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Quais os sintomas da diabetes

Neste artigo veremos quais os sintomas da diabetes, mas antes permita-nos esclarecer alguns pontos sobre esta doença que consideramos importantes que você conheça.
A diabete ou diabetes é uma doença crônica caracterizada pelos altos níveis de glicose (açúcar) no sangue.
A insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, é responsável pelo encaminhamento da glicose ao interior das células, onde é utilizada como combustível para produzir energia.
Quando o pâncreas não consegue produzir insulina em quantidades suficientes, o nível de glicose em circulação no sangue pode subir perigosamente.
Se este nível ultrapassar os 90 decilitros por mg, já pode ser preocupante e, se chegar na marca de 126, a pessoa estará com diabetes.
Detectar qualquer transtorno em seus estágios iniciais é fundamental para recuperar a saúde, e a diabetes não é a exceção à regra.
A dificuldade está em que muitas vezes os sintomas iniciais da diabetes são pouco perceptíveis.
Especialmente quando se trata do tipo 2, os sinais iniciais podem ser muito leves e frequentemente são ignorados ou confundidos com os de outras doenças.
Veja agora quais são os principais sintomas da diabetes
Se sentir algum dos sintomas que indicamos a seguir, é recomendável que você vá no médico para fazer um teste de glicemia.
Leia mais: Quais os sintomas da diabetes.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Os riscos da acrilamida nos alimentos

Alguns estudos indicam que a acrilamida pode causar câncer. Veja neste artigo como reduzir a formação desta perigosa substância tomando alguns cuidados com o armazenamento e preparo de alguns alimentos.
Em 2002 foi noticiada na Suécia a presença de elevados níveis desta substância em certos tipos de alimentos processados a altas temperaturas.
Desde então, a substância tem sido encontrada nesse tipo de alimento em outros países, incluindo Holanda, Noruega, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos.
A acrilamida é uma substância química produzida por alguns alimentos pela forma de preparo a alta temperatura, especialmente quando são fritos, grelhados ou assados.
A acrilamida pode causar câncer
Veja a seguir algumas perguntas e respostas que lhe ajudarão a saber como reduzir os riscos.
- Qual a influência da temperatura na formação de acrilamida?
Quando se estudou o teor de acrilamida formada nas batatas, observou-se que quando elas foram assadas a 100º C não houve formação de um nível significativo da mesma.
Contudo a 120º C, observou-se um aumento significativo nos teores deste químico.
Leia mais: Os riscos da acrilamida nos alimentos.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Os riscos dos defensivos agrícolas nos alimentos

Hoje falaremos dos perigos da intoxicação por agrotóxicos ou defensivos agrícolas, mas antes vejamos que são e por que continuam sendo utilizados no meio agrícola.
Também conhecidos como agroquímicos, trata-se de produtos que são adicionados às culturas para aumentar a proteção das plantas contra pragas e doenças que as danificam (insectos, ervas daninhas, fungos, parasitas, bactérias, etc.) durante a colheita ou após a mesma.
De acordo com dados da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), atualmente as pragas e doenças estragam de 25 a 35% da safra mundial e as ervas daninhas em torno de 10%.
Todos os pesticidas, herbicidas, inseticidas e fungicidas utilizados aumentam a produção global de alimentos ao protegê-los contra pragas e doenças. Estes produtos melhoram a aparência dos vegetais, ajudam a prolongar a vida útil e protegem os consumidores de alguns perigos (como a contaminação por fungos).
Os defensivos agrícolas são seguros para o consumidor?
Hoje em dia no Brasil os defensivos agrícolas estão regulamentados por leis específicas, tanto no referente à sua produção e uso, quanto à sua venda.
Os produtos agroquímicos só podem ser vendidos sob a prescrição e controle de um engenheiro agrônomo.
Por outro lado, os defensivos agrícolas atualmente aprovados são biodegradáveis, ou seja, se degradam no ambiente com o passar do tempo. Quer dizer que, se corretamente utilizados, não causam riscos.
Leia mais: Os riscos dos defensivos agrícolas nos alimentos.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

O açúcar refinado faz mal para a saúde

Neste artigo veremos por que o açúcar refinado faz mal para a nossa saúde. Mas será que o ser humano sempre consumiu tanto açúcar como hoje em dia?
Na realidade não: até aproximadamente 300 anos atrás a humanidade não usava aditivos doces na sua dieta ordinária.
Em contrapartida, hoje somos uma civilização consumidora de milhares de toneladas diárias de açúcar refinado.
São poucas as pessoas que resistem a uma torta de morangos brilhando na vitrine da confeitaria. Parece que ela está ali, chamando você para comê-la, e a tentação muitas vezes é saciada com um bom pedaço.

Saiba por que o açúcar refinado faz mal para a saúde
O açúcar branco dissolve os dentes e os ossos, contudo, todos seus efeitos são lentos e acumulativos, drenando a saúde aos poucos.
É descalcificante, desmineralizante, desvitaminizante e um empobrecedor metabólico. Por isso não pode ser considerado um verdadeiro alimento, mas um poderoso antinutriente.
Quem ingere muito açúcar refinado fica dependente e tende a ter menos força.
Leia mais: O açúcar refinado faz mal para a saúde.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

A melhor dieta para emagrecer com saúde

A maioria já tentou alguma vez na vida reduzir a gordura ou aumentar sua massa muscular. Mas sempre fica a grande dúvida diante de tantas opções: qual a melhor dieta para emagrecer com saúde?
Acontece que nessa luta pela boa forma e peso adequado, infelizmente vale tudo!
Desde dietas miraculosas ou baseadas em mitos, até programas nutricionais focados no estilo de vida saudável e desenvolvido por grandes autoridades em nutrição.
No entanto, o resultado muitas vezes é o mesmo: alguns quilos a mais na balança, depois de ter tido um início bastante encorajador.
Qual a melhor dieta para emagrecer com saúde, preservando os músculos?
A resposta para essa questão pode estar numa pesquisa realizada por especialistas da Universidade Harvard e publicada no The New England Journal of Medicine.
Este estudo concluiu que, o que determina se a pessoa vai emagrecer ou não, é a quantidade total de calorias que ela ingere na sua dieta.
Ou seja, o emagrecimento só ocorrerá se houver um balanço energético negativo, quando o consumo de calorias dos alimentos for menor do que o gasto de energia.
Sabendo que todas as dietas que promovem uma redução de calorias vão resultar numa diminuição de peso, resta entender o porquê algumas pessoas obtêm ótimos resultados enquanto outras vão passar a vida inteira lutando contra a balança.
Leia mais: A melhor dieta para emagrecer com saúde.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

O que causa celulite e como eliminá-la

Neste artigo veremos primeiramente o que causa celulite e, no final, compartilharemos com você algumas dicas que vão lhe ajudar a resolver este problema.
Aproximadamente 90% das mulheres tem algum tipo de celulite, principalmente nas coxas, nos glúteos e nas laterais do abdômen.
Na realidade não existe apenas um fator desencadeante do processo que leva à formação dos furinhos, pois podem ser várias as causas da celulite.
Basicamente podemos citar a predisposição genética, a falta de exercícios apropriados e uma dieta rica em gorduras, entre muitos outros.
Entretanto, a maioria das vezes esses fatores se combinam e é impossível culpar exclusivamente um deles.
Descubra agora o que causa celulite
A continuação, relacionamos alguns dos principais fatores que podem levar ao desenvolvimento da temida e antiestética "pele de laranja", prejudicando a estética, a saúde e a qualidade de vida da mulher.
- Hormônios descontrolados
Quando algumas glândulas produzem hormônios de forma descontrolada, podem provocar uma acumulação de líquido e toxinas no tecido conjuntivo, contribuindo para a formação da celulite.
- Má postura
Devido à má postura do corpo, a circulação pode não ser a adequada e a celulite poderá desenvolver-se mais facilmente.
Leia mais: O que causa celulite e como eliminá-la.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Consequências da obesidade

Todos nós sabemos que gordura não é sinônimo de saúde, mas muitas pessoas ainda parecem não ter se conscientizado de que as consequências da obesidade podem ser realmente muito graves.
Hoje compartilhamos com você o resultado de duas pesquisas que demonstraram que a obesidade pode provocar a morte se não for levada a sério.
Morte prematura é uma das graves consequências da obesidade
As estatísticas confirmam que a obesidade está crescendo cada vez mais, trazendo com ela um maior risco de diabetes tipo II e outras doenças crônicas graves. 
O pior de tudo é que os pesquisadores já confirmaram o que há muito tempo se suspeitava: a obesidade pode provocar a morte prematura.
Veja a continuação o resultado de um estudo sobre este assunto.
O Journal of the American Medical Association publicou um estudo que mostra que a obesidade parece diminuir a expectativa de vida, especialmente entre os jovens adultos.
Os pesquisadores compararam o Índice de Massa Corporal (IMC) com a longevidade e descobriram uma correlação entre a morte prematura e o IMC mais alto.
Por exemplo, estimou-se que um homem branco de 20 anos, 1,75m, pesando 140 quilos com um IMC maior que 40 pode perder 13 anos de vida como consequência da obesidade.
Leia mais: Consequências da obesidade.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Os malefícios do cigarro para a mulher

Apesar das repetidas advertências dos médicos, muitas pessoas continuam fumando e fazendo vista grossa para os malefícios do cigarro e os graves danos que pode causar à saúde.
Com todas as restrições que foram aplicadas nos últimos anos para limitar o consumo do cigarro e todas as advertências e esforços feitos para prevenir este flagelo, uma percentagem significativa da população ainda continua fumando.
A razão para isto é muito simples: trata-se de uma droga altamente viciante, relativamente barata e socialmente aceita.
Acrescente a isso o fato de que a desintoxicação não é fácil, porque o hábito normalmente está relacionado com atividades diárias (após as refeições, juntamente com café, durante as reuniões com os amigos, etc).
Conheça os malefícios do cigarro para a mulher
Não vamos detalhar neste artigo as doenças originadas pelo fumo, porque são amplamente conhecidas.
Todos já sabemos que fumar faz mal para a saúde, provocando doenças graves como vários tipos de câncer e cardiopatias.
Mas, para as mulheres, as consequências do seu consumo podem ser devastadoras.
Pelo fato das mulheres serem mais suscetíveis a AVC (Acidente Vascular Cerebral), fumar aumenta ainda mais o risco, principalmente quando se compara mulheres fumantes e não-fumantes na faixa de 40 a 49 anos.
Leia mais: Os malefícios do cigarro para a mulher.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Como aliviar as cólicas menstruais

Boa parte das mulheres sofre todos os meses com as temidas cólicas menstruais, dores intensas provocadas quase sempre antes do período.
Mas, será que existe alguma maneira de aliviar este martírio produzido pelo ciclo mensal da mulher?
Por que existem mulheres que não sentem dor menstrual, ou apenas a sentem com baixa intensidade?
Origem da cólica menstrual
Antes de irmos direto ao assunto, deixe-nos explicar-lhe a causa da dor gerada pela chegada da menstruação.
Conhecida na terminologia médica como ‘dismenorreia’, a cólica menstrual é um dos sintomas provocados por químicos produzidos pelo útero chamados ‘prostaglandinas’.
Sua função é ajudar o músculo do útero a se contrair, permitindo que tecidos e fluidos sejam eliminados durante o ciclo da menstruação.
Segundo pesquisas, está comprovado que em algumas mulheres as prostaglandinas são produzidas em excesso, ocasionando contrações do útero mais fortes do que o normal, que geram a temida cólica menstrual.
Agora que já sabe o motivo das suas cólicas, você pode ver a continuação algumas recomendações que lhe ajudarão a livrar-se deste martírio desnecessário, melhorando a sua saúde e qualidade de vida!
Veja 10 dicas para aliviar as cólicas menstruais
1 – Mantenha uma alimentação equilibrada
Os químicos regem todo o funcionamento do nosso corpo e, qualquer desequilíbrio, pode acarretar algum efeito negativo.
Leia mais: Como aliviar as cólicas menstruais.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Os benefícios da melancia

Hoje compartilhamos com você algumas dicas e informações sobre os benefícios da melancia para a saúde.
Esta não é só uma fruta deliciosa y refrescante que pode manter-nos hidratados durante o verão. Também pode proporcionar muitos outros benefícios, já que é cheia de nutrientes.
Em primeiro lugar, esta é a variedade de fruta que tem mais água, pertencente à família Cucurbitaceae. Hoje podem ser identificadas mais de cinquenta espécies diferentes.
Mas, que benefícios têm para a saúde e quais são suas propriedades mais importantes? Que valores nutricionais possui? Vejamos isso a continuação.
Esta fruta contém grandes quantidades de vitamina C, vitamina A, potássio e magnésio.
Além demais, contém licopeno e beta-caroteno, duas substâncias antioxidantes que têm o potencial de reduzir o risco de câncer.
Cabe salientar que o licopeno é uma substância que, quando encontrada em abundância na corrente sanguínea, certamente desempenha um papel fundamental no que se refere à neutralização dos radicais livres.
O conteúdo destes e outros antioxidantes aumenta à medida que a melancia amadurece, por esse motivo, para obter-se o máximo da sua nutrição, é necessário comê-la quando está madura.
Para descobrir isto podemos sentir o seu peso. A fruta bem madura é composta por mais de 90% de água, por isso se sentirá mais pesada do que outras do mesmo tamanho e menos maduras.
Leia mais: Os benefícios da melancia.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

O que é bom para dor de ouvido

Hoje compartilhamos com você vários remédios caseiros que podem tratar e aliviar a dor de ouvido de forma natural. Mas antes, vejamos o que causa esta dor.
As dores de ouvido são causadas por uma acumulação de fluido no ouvido médio, especificamente numa cavidade com uma fina drenagem chamada trompa de Eustáquio, que comunica com o nariz e a garganta para equalizar a pressão do ar em todos os pontos.
O referido fluido pressiona o tímpano e outras estruturas do ouvido interno, impedindo que a drenagem seja feita normalmente.
Este desconforto é produzido por uma inflamação do tecido que recobre a área, ocasionado pela irritação do mesmo.
Quando se inflama, o canal aumenta o seu tamanho e, é claro, pode se fechar.
O resto das estruturas do ouvido também acabam se inflamando e tudo isso leva aos sintomas típicos deste trastorno da saúde auricular.
O aumento da pressão pode resultar em uma dor severa, falta de ventilação, infecção e perda temporária da audição.
Por isso, quando viajamos de avião sentimos os ouvidos tampados.
Em certos casos, a acumulação de fluido é causada por uma bactéria ou um resfriado, mas também pode ser causada por uma condição de saúde própria da garganta, boca ou nariz.
Leia mais: O que é bom para dor de ouvido.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Os alimentos ricos em proteína emagrecem

Uma pesquisa realizada por cientistas americanos sugere que os alimentos ricos em proteína ajudam a emagrecer, pois este nutriente suprime o efeito da grelina.
A grelina é conhecida como o hormônio da fome e isto explicaria a redução do peso provocada por dietas ricas neste nutriente.
A grelina é produzida pelo estômago e atua no cérebro dando a sensação de fome quando o estômago está vazio.
Ao ingerir alimentos, a secreção de grelina diminui, acabando com a sensação de fome.
Os pesquisadores analisaram o nível de produção da grelina em participantes saudáveis depois da ingestão de líquidos ricos em três substâncias: carboidratos, proteínas e também gorduras (lipídios).
Os resultados indicaram que a ingestão de líquido a base de proteína teve o maior efeito na supressão da grelina em um período de seis horas.
Em segundo lugar vieram os carboidratos e em último a gordura.
O consumo de alimentos ricos em proteína colabora no emagrecimento
A pesquisa, publicada na revista científica Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism, revela ainda que nas três primeiras horas após a ingestão, os carboidratos causaram a maior supressão do hormônio.
Leia mais: Os alimentos ricos em proteína emagrecem.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Qual o melhor protetor solar para seu tipo de pele

Muitas pessoas acreditam que um protetor solar já seria suficiente para dar-lhes toda a proteção que precisam contra a radiação solar, porém, isso é um tanto relativo.
O sol emite diferentes tipos de ondas de radiação de diferentes comprimentos. Cada um destes comprimentos de onda determina os efeitos da radiação para a saúde humana.
Existem 4 tipos principais de radiação solar que atingem a superfície da Terra. Destes, dois podem ser prejudiciais para a nossa saúde:
- Ultravioleta B (UVB) - Luz quase imperceptível, responsável pelas queimaduras do sol, bronzeamento, as manchas escuras e a maioria dos tipos de câncer de pele. Esta radiação é mais intensa em torno do meio-dia, no verão e nos trópicos.
- Ultravioleta A (UVA) - Representa 95% da luz que chega à Terra e é responsável pelo envelhecimento cutâneo, bronzeamento, manchas escuras e alguns tipos de câncer de pele. Em comparação com a radiação UVB varia pouco ao longo do ano, o dia e a região.
É muito importante prestar atenção ao fato de que as nuvens não conseguem bloquear a maior parte das radiações UV, apesar da diminuição da luz e o calor nos dias chuvosos.
Agora que sabemos por que as radiações ultravioleta A e B são as mais prejudiciais para a nossa saúde e quais são os momentos em que estamos mais expostos a cada uma delas, vamos entender um pouco mais sobre os protetores solares oferecidos pela indústria farmacêutica.
Leia mais: Qual o melhor protetor solar para seu tipo de pele.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Os benefícios do leite de soja para a saúde

Hoje em dia, o leite de soja é um dos leites vegetais mais consumidos, especialmente como uma opção adequada no caso de intolerância à lactose.
Isto se deve às suas inúmeras propriedades nutricionais e benefícios, além do seu agradável sabor.
Por outro lado, é um produto que pode ser usado para fazer cremes, molhos, batidos, queijo, iogurte e até sorvete, ou seja, praticamente tudo o que poderia ser feito com o leite de vaca.
No entanto, é preciso destacar que este não é um leite em si, apesar da tendência a ser erroneamente considerado desta forma. O mais apropriado seria considerá-lo como uma bebida de soja.
A soja é a única leguminosa que possui todos os aminoácidos essenciais para o corpo, de modo que é facilmente digerida e previne certas doenças.
Um dos pontos mais importantes é que contém lecitina, substância esta que, entre outras coisas, evita problemas do coração e ajuda a manter as artérias limpas e saudáveis.
Além demais, tem isoflavonas, estrogênios vegetais que têm uma ação estrogênica pequena em comparação com o hormônio feminino. Acredita-se que este mecanismo proporcione uma ação protetora contra o câncer de mama.
No que diz respeito à osteoporose, a proteína de soja ajuda a conservar o cálcio do corpo, sendo que as isoflavonas também inibem o processo de destruição óssea.
Leia mais: Os benefícios do leite de soja para a saúde.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

O que é bom para intestino preso

Se você sofre com este tormento, também conhecido como prisão de ventre, constipação intestinal ou obstipação, é bom que tome nota, porque hoje vamos lhe orientar sobre o que é bom para intestino preso.
Mas antes, é necessário que você saiba quais são os principais fatores que podem provocar este trastorno.
Principais causas da prisão de ventre:
- Consumo insuficiente de água;
- Dieta inadequada, sobrecarregada de alimentos processados;
- Baixo consumo de alimentos com fibras vegetais;
- Inatividade física;
- Síndrome do cólon irritável;
- Estresse;
- Uso excessivo de laxantes ou antiácidos.
Normalmente devemos evacuar uma ou duas vezes por dia, no entanto, todas as pessoas podem sofrer de intestino preso em algum momento da sua vida por algum tipo de situação especial.
Se esta situação não for muito frequente, não representa um grande problema, no entanto, se você não evacuar um mínimo de 3 vezes por semana, tome cuidado, pois poderá trazer riscos para sua saúde!
A prisão de ventre crônica pode ser um sinal de doença e também um aviso de que seu corpo precisa de uma limpeza intestinal urgente.
A presença de sangue nas fezes é um sinal de alerta e deverá ser consultado um médico para resolver o problema.
Por este motivo, é importante que você previna este tipo de situação, aprendendo a curar a prisão de ventre naturalmente.
Leia mais: O que é bom para intestino preso.