quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Qual o melhor protetor solar para seu tipo de pele

Muitas pessoas acreditam que um protetor solar já seria suficiente para dar-lhes toda a proteção que precisam contra a radiação solar, porém, isso é um tanto relativo.
O sol emite diferentes tipos de ondas de radiação de diferentes comprimentos. Cada um destes comprimentos de onda determina os efeitos da radiação para a saúde humana.
Existem 4 tipos principais de radiação solar que atingem a superfície da Terra. Destes, dois podem ser prejudiciais para a nossa saúde:
- Ultravioleta B (UVB) - Luz quase imperceptível, responsável pelas queimaduras do sol, bronzeamento, as manchas escuras e a maioria dos tipos de câncer de pele. Esta radiação é mais intensa em torno do meio-dia, no verão e nos trópicos.
- Ultravioleta A (UVA) - Representa 95% da luz que chega à Terra e é responsável pelo envelhecimento cutâneo, bronzeamento, manchas escuras e alguns tipos de câncer de pele. Em comparação com a radiação UVB varia pouco ao longo do ano, o dia e a região.
É muito importante prestar atenção ao fato de que as nuvens não conseguem bloquear a maior parte das radiações UV, apesar da diminuição da luz e o calor nos dias chuvosos.
Agora que sabemos por que as radiações ultravioleta A e B são as mais prejudiciais para a nossa saúde e quais são os momentos em que estamos mais expostos a cada uma delas, vamos entender um pouco mais sobre os protetores solares oferecidos pela indústria farmacêutica.
Leia mais: Qual o melhor protetor solar para seu tipo de pele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário